terça-feira, 21 de abril de 2009

Queria que chovesse sempre...


..Pra eu sempre te proteger.



"Eu sei que nada é pra sempre e que ninguém é perfeito Que pessoas também tem suas desorganizações, insônias e mal-humores Me sinto na leveza de poder ser feliz de verdade, de sonhar sem criar ilusões, de caminhar sem querer atropelas os dias e de ter você sem achar que me pertence, mas sim que, inegavelmente, me completa! E agora que eu já sei que não vivo mais sem você, que tal voltar a sermos "nós"?


"Em um lugar qualquer.. quando nada mais tinha valor.. Te conheci..naquela noite onde eu te encontrei.. O mundo parecia somente eu e você.. não podia ser melhor!
Vidas que se encontram.. Seus olhos me dizem sem precisar falar.. estar com você nada é melhor.. estar com você, me faz pensar em nós dois..
Em um lugar qualquer .. pelas ruas que levam a "casa da tia Margarida" foi onde te vi.. sei que nem sempre a vida é assim.. mas enquanto você me fizer sorrir eu vou estar bem aqui..
Vidas que se encontram sem alguma explicação.."


Mas se um dia o sol preferir não despertar, E o azul do céu converter-se em cinzas, Se o tapete verde brilhante encher-se de ervas daninha E cada palavra deixar de ter a cor do teu sorriso...

Se os girassóis baixarem a cabeça e deixarem de olhar pro sol...

Se os pássaros cansarem de cantar a nossa canção
Se as gérberas decidirem vestir-se como viúvas
E as “fumaças das fábricas” sujarem os ares dos nossos suspiros...
Se as árvores deixarem de frutificar
Se o meu telefone deixar de tocar no meio da noite...

Ainda que o trabalho árduo nos tome a mente e o ânimo,
Ainda que o relógio simule uma disputa contra nós
Se os meus olhos por minutos perderem o brilho
E se - como quase sempre - desistir parecer o mais apropriado...

Por cima das nuvens sabemos que ainda brilha um sol,
Que brilhará para sempre
E veremos que por detrás da tempestade esconde-se um lindo dia...

E ali nos dias tristes,
Nos dias de grande aflição,
Seremos salvos pelo amor que nos une hoje
E que para todo o sempre será só teu.



Um comentário:

carolpizzatto disse...

lindooooooooooo nathan, te adoroo (: