quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ainda vai ter que ler, ainda vão ter que ler

Agorinha o relógio digital da tela do computador marcava 00:00 do dia 18 para o dia 19 de agosto e eu ainda estava aqui sentado, ainda estou, em frente ao computador, procurando mais sentido à vida, uma sede insaciável de viver pra sempre e além de viver pra sempre: sempre viver por um sentido. então leio o que apareceu, nas minhas incansáveis buscas pelo google, a mensagem:

"Dizem que o que procuramos é um sentido para a vida. Penso que o que procuramos são experiências que nos façam sentir vivos." J. Campbell

Ainda não, mas é lógico que uma frase não resolve, só ajuda, ajuda pouco, e mais um clique:

"Para uns a jornada é curta e agradável. Para outros, a jornada é longa, acidentada, e em alguns momentos dá vontade de desistir... Ao contrário do que você pensa, é nesses momentos que algo muito maior está acontecendo."

Já estava melhorando, então não custava continuar:

"Estamos aqui para aprender, não para sofrer... abandone o passado.. desbloqueie sua paralisia afetiva. À medida que ganhamos experiências, um pouco mais nos é revelado. Abra-se."

Que ótimo, mas ainda não era tudo que eu precisava, ou preciso, afinal tudo isso já li, escutei e, digamos que vivi, como outras palavras, mas ainda não havia acabado:

"Avançamos no caminho espiritual através dos relacionamentos. Deepak Chopra escreveu: 'Seja qual for o relacionamento que você atraiu para dentro de sua vida, numa determinada época, ele foi aquilo que você precisava naquele momento."

Incrivelmente melhor, aliás estava até bom por aqui, poderia dormir pensando nisso, mas as frases continuavam:

"Repare: nada é por acaso. Nós nos colocamos em uma espécie de 'trilha', que sempre esteve aí, o tempo todo, à sua espera. VOCÊ ELEGEU SEU DESTINO. A vida que você tem que viver é essa mesma."

Reparei, sim, claro que reparei, então não era isso que eu sempre imaginava da vida? "nada é por acaso" mas nunca tinha lido um complemento como esse, sim é tão óbvio, mas tão "inseguível". Está tudo indo de acordo com minha mente agora e vai continuar, pelo menos enquanto ela estiver sã e digna, enfim:

"Você não consegue mudar o que não consegue encarar'. (James Baldwin). Por isso, onde quer que você se encontre, é exatamente onde precisa estar, neste momento."


Alívio, mais ainda por continuarem, as frases:

"Quando você estiver pronto pra fazer uma coisa nova, de maneira nova, você fará. Há sempre alguém á espera da pessoa na qual você está se transformando. Talvez você ainda não esteja pronto para reconhece-la."

Espantoso, pois REconhece-la? eu sei o por que do "RE", mas isso é outra história, coisas de vida, ou melhor, vidas. por hora:

"A cada momento, cada um de nós está passando pelo processo de Ser e de se tornar. Comos as pessoas os nossos relacionamentos também mudam. e ainda há muito a aprender sbre AMOR..."

Era tudo que eu precisava ler, talvez essa minha costante mudança de relacionamentos tenha haver com minha constante mudança do eu mesmo, mas a questão aqui não sou eu, é o ser. Porém o ser, ao menos o ser jovem, se identifica com isso. Ah, o AMOR, quanto o queria aprender, e quando? assim:

"Ainda há muito a ser realizado. Apesar de muitos problemas, há Esperança, Fé, Alegria, há o AMOR... Deus sabe de tudo que nos é necessário para evoluir, antes mesmo de nós."

Antes mesmo de nós. E por que ainda se acha que só vivemos uma vez? Por que tanta disparidade e discordia? Por que a Fome? Por que as guerras? Por que o preconceito?
Já apelando por tudo, mas ainda não é a solução, lógico que não, é claro que não. Por que:

"Deus nos dá o suficiente para permitir que aconteça somente aquilo com que nós conseguimos lidar, quando acontece. E o agradecimento por Quem nos tornaremos através de tudo que nos acontece é essencial."

Por ultimo e com muito sono, reflito que tudo que acontece, acontece pela força de lidar com tal ato pelo qual conseguimos lidar, é repetitivo eu sei, mas um exemplo que acho digno e triste é o de "Hitler e seu fim" e um "bebê africano desnutrido e seu fim". Cada um por lidar com o que consegue, e o fim, inevitável é misterioso. aliás, essencial é invisível aos olhos, entende?


Já são 00:50, terminei tudo escutando a trilha "Central do brasil" oficial, várias e várias vezes, recomendo ler escutando.

Boa noite!

e

Carpe Diem


Um comentário:

Weena Potter disse...

Nossa, vc tava inspirado hein hehe
eu o meu blog fiz acho que semana retrasada, ñ lembro bem, fiz e deixei um tempo sem nada enquanto eu arrumava. Vai ser só com as minhas poesias msm, já era pra ter feito há um tempão hehe
publicá-las. Bjo o seu tb é legal até.. ñ entendo mto d blog, ñ pus quase nada no meu!